SINDPECRI/MG OFICIA AO GOVERNADOR DO ESTADO REQUERENDO O REAJUSTE SALARIAL AOS POLICIAIS CIVIS PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO SINDPECRI/MG OFICIA AO GOVERNADOR DO ESTADO REQUERENDO O REAJUSTE SALARIAL AOS POLICIAIS CIVIS PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO 

 

 

O Governo de Minas Gerais vem desrespeitando e descumprindo compromissos com a Polícia Civil, desde o início do mandato.

Além do não pagamento dos salários até o 5º dia útil de todo mês, como também o parcelamento em três vezes em cada mês, obrigando muitos policiais a pagarem suas obrigações com multa; e a falta de pagamento das progressões e promoções, o Estado está descumprindo o previsto no texto constitucional, em que expressa que anualmente deve haver a correção e aumento dos salários dos servidores públicos, incluindo os policiais civis.

Diante dessa avalanche de irregularidades, e até mesmo, ilegalidades por parte do Governo de Minas, o SINDPECRI/MG oficiou ao Governador de Minas, na última quarta-feira (27), requerendo o cumprimento do que está previsto em Lei, no que tange ao reajuste salarial dos policiais civis, que até o momento encontra-se extremamente defasado, sendo mais um motivo para tamanho descontentamento e frustração dos profissionais.

Segundo o presidente do SINDPECRI/MG, Wilton Sales, esse Governo tem que cumprir o que está previsto em nossa Lei maior. ” Neste ofício, também sugerimos que seja aberto um canal de comunicação para com as entidades de classe da PCMG, de forma a podermos, pelo menos, negociarmos melhores condições aos policiais civis”, afirmou Wilton. Para ele, “se o Governador não responder ou recusar nossa solicitação, o SINDPECRI/MG irá recorrer judicialmente para o cumprimentos dessas obrigações pelo governo”, ressaltou o presidente.