PRESIDENTES DO SINDPECRI E DA ACEMG OFICIAM AO CHEFE DA PCMG QUESTIONANDO PUBLICAÇÃO NO BOLETIM INTERNO PARA DEVOLUÇÃO DE VIATURAS DE USO DOS PERITOS CRIMINAIS

O Presidente do SINDPECRI, Wilton Ribeiro Sales, junto ao Presidente da ACEMG, Walney José de Almeida, oficiaram, nesta terça-feira (6), ao Chefe da PCMG, delegado geral João Otacílio Silva Neto, questionando a publicação no Boletim Interno n° 019/2018 da instituição, datado de 26 de janeiro de 2018, em que determina a devolução das viaturas utilizadas pelo Instituto de Criminalística e nas Seções técnicas Regionais de Criminalística.

Segundo o Presidente do SINDPECRI, Wilton Sales, não justifica fazer a devolução das viaturas atualmente utilizadas pela perícia, devido ao recebimento de novas viaturas para a Superintendência de Polícia Técnico Científica, visto que elas foram adquiridas por convênio com a SENASP, do Ministério da Justiça. “O convênio com a SENASP, para adquirir novas viaturas, foi justamente como forma de incrementar a frota da SPTC, proporcionando melhorias ao trabalho pericial. Devolver as que já estão com a perícia, é contrariar o objetivo da Secretaria Nacional”, afirmou Wilton.

No ofício ainda consta que as viaturas, tanto as novas quanto às que já pertenciam à SPTC, deverão, se necessário, serem remanejadas dentro da estrutura da própria Superintendência e unidades subordinadas a ela, sendo utilizadas pela Perícia Oficial de Natureza Criminal.

Os Presidentes do SINDPECRI e da ACEMG requereram a devida revogação do ato de devolução das viaturas, no prazo máximo de 10 (dez) dias do recebimento do ofício, e caso não seja retificado o ato, as entidades tomarão providências por outros meios cabíveis.