Sindicato dos Peritos Criminais do Estado de Minas Gerais

Peritos vão resistir

“Como já antecipou ontem a coluna, os peritos criminais que integram a Superintendência de Polícia Técnico-Científica em Minas Gerais, hoje ameaçados da extinção da SPTC para torná-los subordinados aos delegados, nas delegacias de polícia, prometem ir à Justiça se a nova Lei Orgânica da Polícia Civil afetar a autonomia que têm, que resultaram em avanços no trabalho que desde 2013 entregam à Polícia Judiciária.”

Fonte: por Luiz Tito à Coluna Opinião do Jornal O Tempo. Texto publicado ontem, sábado, 18/6, às 4h03.

Por que LUTAR?

Na quarta-feira passada, 15, durante a discussão e votação dos Projetos de Lei Complementar PLC’s 64 e 65/2021, o relator opinou pela aprovação das matérias na forma do substitutivo nº 3. O substitutivo aprovado retrocede algumas conquistas advindas da Lei 129/2013 (Lei Orgânica da Polícia Civil), em especial aos avanços no trabalho pericial. Na ocasião, o próprio relator e demais deputados da comissão, Sargento Rodrigues, Duarte Bechir, Delegado Heli Grilo e Beatriz Cerqueira (PT) disseram que as matérias poderão ser aprimoradas no decorrer da tramitação.

Nesse sentido, após as matérias terem sido aprovadas na Comissão de Administração Pública (CAP), nossas lideranças sindicais seguiram em vigília na Assembleia, buscando apoio nas negociações.

Porém, é fundamental a participação dos colegas peritos criminais na Assembleia, fazendo pressão sobre cada deputado, solicitando-lhes apoio para impedir retrocessos na Perícia Oficial.

A HORA É AGORA! Amanhã, às 10h, todos à Assembleia Legislativa para discussão e votação da nova Lei Orgânica da Polícia Civil de Minas Gerais na Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO)

PARABÉNS, PERITO!

CONVÊNIOS

Plataforma SINDPECRI